Como a escrita pode ajudar a superar momentos difíceis

Todos nós passamos por momentos difíceis, momentos que são mais desafiantes ou com os quais nos custa mais lidar. E há momentos que são particularmente complicados, em que nos custa até manter a sanidade mental e emocional… isso é normal…

Possivelmente todos nós desejaríamos não ter de enfrentar determinadas situações (e isso também é normal!), mas a verdade é que há demasiadas variantes que não podemos controlar nas nossas próprias vidas e, como tal, isso não é possível.

Aquilo que podemos fazer é escolher a forma como enfrentamos esses momentos delicados, embora até isso possa ser difícil…

Eu sou da opinião que quando escrevemos podemos facilitar esse processo, que a escrita pode ser uma boa aliada quando se trata de superar momentos e emoções mais negativos.

Como?

É simples!

Escrever ajuda-nos a estar mais em contacto com as nossas emoções e a estar mais conscientes dos nossos pensamentos.

Não é por acaso que a escrita é utilizada em diversas formas de terapia…

Mas de uma forma mais empírica, é algo que todos nós podemos fazer no nosso dia a dia.

A quem nunca aconteceu pegar numa caneta e numa folha de papel e sem dar por isso estar escrever algo do qual nem sequer tinha consciência até então?!

Por isso, naqueles momentos em que tudo te parece negro, em que te sentes sem esperança e com o peito apertado, encontra um bocadinho para escrever e dá-te a oportunidade de libertar todas as emoções que tens dentro de ti. Ter consciência delas irá ajudar a geri-las.

Por vezes o que custa é começar e, por isso, deixo-te aqui alguns tópicos que poderão servir de mote para esse início… a partir daí, é só deixar fluir!

  • Se pudesse começar do zero e reinventar-me seria…
  • Se eu pudesse fazer alguma coisa diferente (neste momento ou na vida…) seria…
  • Se o mundo acabasse amanhã, hoje eu iria…
  • Eu dou-me valor por…
  • Eu sou grata por…
  • Eu perdoo-me por…
  • Se eu tivesse mais tempo para mim, eu…
  • Os pensamentos que mais me puxam para baixo são…Esses pensamentos foram-me transmitidos por…

O ideal é que não te limites a dar respostas diretas, mas sim a aprofundar e desenvolver cada uma das questões, dando lugar a todos os pensamentos e sentimentos e deixando que estes te conduzam a novos lugares dentro de ti! 

Partilha:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *